A pomba de Deus

"E Jesus, depois que foi batizado, subiu logo da água; e eis que os céus lhe foram abertos, e viu o Espírito de Deus que descia como pomba, e vinha sobre ele" (Mat. 3:16).

O Senhor escolheu esta conhecida avezinha para simbolizar o seu glorioso Espírito. É a pomba que desceu sobre o Senhor Jesus no seu batismo, e que nos fala de ternura, delicadeza, simplicidade e inocência.

Uma pomba é espantadiça. Facilmente se assusta e foge. Como é que o Espírito de Deus, sendo tão forte –onipotente– quis representar-se assim? É um mistério não esclarecido em sua totalidade.

Contudo, temos que ser zelosos para não ofender esta Pomba, nem espantá-la. Temos que ser delicados, tenros e cuidadosos. Não pequemos. Não elevemos muito a voz, não lhe façamos violência. "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, com o qual fostes selados para o dia da redenção" (Ef. 4:30). Uma vez que foi afetada a sua santidade, pode permanecer muitos dias triste, em um recanto do nosso coração, sem levantar vôo. O Senhor Jesus estava cheio do Espírito Santo, porque não tinha pecado nele, e porque o seu caráter era doce e aprazível. Não disputava nem elevava a sua voz. "Ninguém ouvirá nas ruas a sua voz" disse dele o profeta.

Em Israel, a pomba era a oferta dos pobres. Quando um israelita não tinha dinheiro para oferecer um cabrito macho ou um bezerro, podia oferecer uma pomba. "E se não tivesse o suficiente para um cordeiro, trará para o Senhor em expiação por seu pecado que cometeu duas rolas ou dois filhotes de pomba, uma para expiação, e a outra para holocausto" (Lev. 5:7). Esta foi precisamente a oferta de José e Maria quando apresentaram o menino Jesus. O Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade, o qual demonstra a sua humildade. Ele nunca chama a atenção sobre si, mas sobre o Senhor Jesus Cristo. No entanto, em sua humilhação, o Espírito Santo é exaltado pelo mesmo Senhor, quando disse: "Todo pecado e blasfêmia será perdoado aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não lhes será perdoada" (Mat. 12:31).

Uma das características mais surpreendentes da pomba é a sua capacidade para retornar para o seu ninho dos lugares mais remotos. Por isso, o ser humano a utilizou para enviar mensagens. Segundo descobertas recentes, elas criam um "mapa" a partir do magnetismo da Terra usando umas pequenas partículas magnéticas com as que têm em seus bicos. Esta característica da pomba nos sugere a fidelidade e mansidão do Espírito Santo, o qual retorna para vivificar o coração de quem o desprezou e afastou. Não importa quanto o tenhamos entristecido, ele voltará para alegrar o coração se este se voltar para Deus.

A pomba de Deus emite o seu arrulho em nosso coração, e nos faz sentir a sua presença. Que o Senhor nos socorra para não pecar contra o Espírito Santo, nem impedir que Ele possa fazer a sua obra em nós e através de nós.

Diseņo descargado desde plantillas web gratis y profesionales.