Perfil de um mestre aprovado

Esdras é um dos mestres da Bíblia mais proeminentes da história. A tradição judia sustenta que Esdras é quem compilou os livros do Antigo Testamento tal como o conhecemos hoje. E não só isso, é provavelmente quem escreveu vários livros do Antigo Testamento, como Crônicas e Neemias, além do próprio Esdras. Provavelmente também foi o escritor do Salmo 119, uma exposição maravilhosa a respeito da Palavra de Deus.

Mas, o que a Bíblia nos diz a respeito deste homem? Há algumas frases que o caracterizam: "Era escriba diligente na lei de Moisés", "a mão do Senhor seu Deus estava sobre Esdras", "escriba versado nos mandamentos do Senhor". Como Esdras chegou a ser tudo isso? A resposta temos em uma frase muito significativa: "Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a lei do Senhor e para cumpri-la, e para ensinar em Israel os seus estatutos e decretos" (Esdras 7:10).

Vejamos. Em primeiro lugar, Esdras havia "preparado o seu coração" diante de Deus. Ser um mestre da Palavra não é questão só de estudar certas matérias teológicas ou conhecer intelectualmente a Bíblia. Logo, a Palavra que deverá ensinar não pode passar da mente para a sua boca. É preciso que baixe para o coração, pois dali deverá sair para poder ser uma palavra viva.

Segundo, podemos observar que neste versículo há três verbos que nos faz atentar para a conduta de Esdras logo depois de dispor o seu coração.

Inquirir. Inquirir é indagar, averiguar ou examinar cuidadosamente algo. A Bíblia de Jerusalém coloca: "perscrutar". Não é uma simples leitura (embora a leitura seja básica). É como diz a Palavra do Senhor "Aquele que pede... o que busca… ao que bate…". É o estudo paciente e constante. É a busca de luz diante de Deus, até que a Palavra venha, ilumine e transforme.

Cumprir. A Bíblia de Jerusalém traduz: "Pô-la em prática". É uma questão de obediência, de vida, a fim de obter uma conduta com o que a Palavra está dizendo. Alguém tem dito que o melhor comentário bíblico é a obediência. Como Deus vai dar mais luz hoje se a Palavra mostrada ontem não foi obedecida? Neste sentido, Esdras era um homem piedoso, não um erudito leviano.

Ensinar. Aqui entra em ação o ministério do ministro da Palavra. É o terceiro ponto, não o primeiro nem o segundo. O ensino vai precedido de dois requisitos fundamentais, só então vem o ministério propriamente dito.

O ensino é um ministério que honra a qualquer homem de Deus. Quando o mestre ensina, a mentira cede terreno e entra a verdade. A luz repreende as trevas. Os homens são atraídos para Deus. Os caminhos dos homens são endireitados. Os pecadores se convertem. A igreja é edificada. A herança de Deus é conhecida, os padrões dos filhos de Deus são elevados. E em seguida, a vida de Deus encontrará muitas vias para derramar-se.

Por isso é que a promessa de Deus para eles é tão preciosa: "Os que ensinam a justiça à multidão (resplandecerão) como as estrelas a perpétua eternidade" (Daniel 12:3). Você tem sido tocado por Deus para fazê-lo? Recebeu este privilégio?

Diseņo descargado desde plantillas web gratis y profesionales.