A função de cada membro

"...a fim de aperfeiçoar os santos para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo..." (Ef. 4:12).

Efésios 4:12 é um versículo de fundamental importância. Ali, nessas poucas frases se expressa o objetivo do serviço dos ministros da palavra: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres.

Dentro desse versículo, a palavra 'aperfeiçoar' é chave. O que significa 'aperfeiçoar', em grego? O seu significado é muito interessante... e muito rico. Em sua forma mais simples, o adjetivo grego ártios é a raiz das palavras castelhanas 'artesão' e 'artífice' (o que cria ou forma com as mãos), e proporciona a idéia de compor, organizar, dimensionar. Em 2ª Timóteo a ferramenta para este trabalho é a Palavra de Deus. No texto de Efésios 4:12, Paulo utilizou o substantivo katartismós, que é uma forma reforçada do anterior.

A primeira menção de uma no N.T. com esta raiz (katartizó) está em Mt. 4:21: "...que remendavam as suas redes". A segunda é "o perfeito louvor" (Mt. 21:16). Aqui significa legitimar, purificar, autenticar, etc. Uma terceira menção é "o que for aperfeiçoado" (Lc. 6:40), quer dizer, 'equipado'. Uma quarta está em 2ª Cor. 13:9: "orando para a vossa perfeição", no sentido de restauração espiritual.

William Barclay diz que esta palavra tem dois grupos de significados: a) Ajustar, restaurar, pôr em ordem, e b) Equipar ou habilitar algo para um propósito determinado. Por exemplo, usa-se com respeito à habilitação de um navio ou de um exército quando são completamente equipados, armados e formados em ordem de batalha. Ele desenvolve um quadro com o termo "aperfeiçoar" na compreensão de Paulo, e reconhece as seguintes quatro acepções: a) Prover com o necessário (como um pai) (1ª Tes. 3:10). b) Curar as juntas e tecidos (como um médico) (1ª Cor. 1:10). c) Reparar ou restaurar para uma posição (como um construtor) (Gál. 6:1). d) Alimentar para o crescimento homogêneo (como um pastor) (Ef. 4:12).

Como vemos, o significado é rico e variado, e tudo isso aponta para a função do ministério da palavra. Quão importante é! Eles têm que tomar cada crente que chega à fé, e realizar um trabalho "de joalheiro" com ele. Desde curar as suas feridas, restaurá-lo, alimentá-lo, prover os recursos espirituais necessários e equipá-lo para que esteja em condições de fazer a obra do ministério, a edificação do corpo de Cristo.

Porque, certamente, esta missão final não é a dos ministros, mas a de cada crente. Uma vez, curado, restaurado, alimentado, e equipado, este estará em condições de cumprir o propósito de Deus para ele no meio do corpo.

Como este ministro fará o trabalho da palavra? Precisamente, por meio da ministração da palavra. Com a graça de Deus, com a paciência de Cristo, com o discernimento do Espírito Santo. Precioso ministério!

Design downloaded from free website templates.