Endireitando os caminhos tortuosos

"Os caminhos tortuosos serão endireitados" (Lc. 3:5 b).

O que é um caminho tortuoso? O caminho da justiça, quer dizer, o caminho de Deus, é um caminho reto. É o caminho direito que temos que fazer para os nossos pés. Os caminhos tortuosos são aqueles em que os acessos a Deus estão fechados. Se nós lermos Marcos 7 encontraremos ali uma série de elementos que os fariseus e saduceos hipócritas tinham levantado para impedir que os homens pudessem aproximar-se livremente de Deus. Eles tornaram tortuosos o caminho direito do Senhor.

O que ensinavam eles? Que não se podiam comer pão com as mãos não lavadas; que teria que apegar-se à tradição dos anciões ao invés do mandamento de Deus, etc. Eles atavam cargas pesadas sobre os homens que eles nem com um dedo queriam mover. Assim, tornavam difícil aos homens o acesso a Deus. "Se você não fizer isto, não pode ser justo, não tem oportunidade diante de Deus". Os judaizantes nos tempos dos apóstolos diziam aos discípulos: "Se não vos circuncidardes conforme o rito de Moisés, não podeis ser salvos" (Atos 15:1). Assim, o caminho de Deus, que é reto, era torcido por eles.

Quantas coisas similares há no presente na cristandade! Quantas coisas que impedem aos homens olhar para o Senhor e conhecer a salvação de Deus! Com elas fecham o caminho às pessoas. Muitos não se aproximam do Senhor por temor e por não poder cumprir essas tradições e leis. "Eu não posso seguir o evangelho porque ali não aceitam que alguém fume (ou que dance, ou que vá às corridas de cavalos, etc.)". Põem as regras antes que o anúncio glorioso do evangelho, torcem o caminho de Deus.

Por que não atraí-los primeiro com a palavra do evangelho, clara, pura e bendita, e depois, quando eles se converterem, quando tiverem obedecido à fé, os guiar pelo caminho da santidade? Os homens tem posto requisitos que impedem aos homens chegar a conhecer a Deus. Esses requisitos converteram o evangelho em um caminho tortuoso, obra de homens, não de Deus.

O Senhor disse aos fariseus: "Fecham o reino dos céus diante dos homens; pois nem vós entrais, nem deixam entrar aos que estão entrando … percorre mar e terra para fazer um prosélito, e uma vez feito, fazem-lhe duas vezes mais filho do inferno do que vós" (Mt. 23:13, 15). Esta palavra tem muita vigência hoje. O Senhor disse: "Eu sou o caminho … E aquele que vem a mim não lhe lançarei fora" (Jo. 14:6, 6:37). Quem toma este caminho não tem nenhum obstáculo para tocar o coração de Deus. Basta aproximar-se dele disposto a receber.

O profeta tinha anunciado de antemão a glória deste Caminho: "E haverá ali estrada, um caminho, que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para aqueles; os caminhantes, até mesmo os loucos, não errarão" (Is. 35:8).

Design downloaded from free website templates.