A classe de homens que colaboram com Deus

A edificação da Casa é uma grande obra de Deus, que busca a satisfação de Deus. Se examinarmos como foi edificado o tabernáculo no deserto, vamos encontrar alguma luz a respeito de como Deus edifica hoje a sua casa, e quem Deus utilizará para esta tarefa, que classe de pessoas podem participar desta obra. Quando lemos o registro de Êxodo, encontramos três coisas muito interessantes.

Quando Deus diz a Moisés coletar as ofertas para construir o tabernáculo, e quando mais adiante em outro capítulo reitera isso, encontramos que a primeira coisa é que haja homens com visão espiritual, ou visão celestial. É necessário que Moisés suba ao monte, é necessário que Moisés receba os planos diretamente de Deus, é necessário que não fique nenhum detalhe fora dessa visão de Moisés. Quarenta dias e quarenta noites. Sem visão não há obra de Deus. Sem visão celestial nós não podemos colaborar com Deus em seu propósito eterno. Primeiro, ele requer homens com visão celestial.

Segundo: "...de todo homem que a der de sua vontade, de coração...". Mais adiante isto é reiterado, quando diz: "Tomem entre vós oferta para o Senhor, tudo disposto de coração". Que interessante! Diz depois: "E veio todo homem a quem o seu coração o moveu, e todo aquele a quem o seu espírito lhe deu vontade..." (Ex. 35:5, 21).

Quando Deus quis edificar o tabernáculo, não obrigou a ninguém; não usou das ofertas regulares que lhe ofereciam. Como ele poderia construir a sua habitação com uma oferta obrigatória de gente mesquinha, de gente que tudo faz girar em torno de si mesmo! A casa de Deus é tão santa, é tão pura, é tão nobre, que ele não permite participar dela quem não seja generoso de coração, quem não crê que ele pertence a Deus, e que todas as suas riquezas, os seus bens, tudo o que de Deus tenha recebido, a Deus pertence e a Deus tem que retornar.

Isto não é o único exemplo que encontramos, porque se vocês lerem depois, quando Davi informa ao povo que o seu filho vai construir a casa em Jerusalém, então de novo temos o mesmo. Davi diz: "Tenho acumulado alguns talentos de ouro e de prata; em todo este tempo estive pensando na casa de Deus. Eu também dos meus recursos particulares vou contribuir. Quem mais quer dar? Há outros voluntários que queiram contribuir?". E o registro diz que vieram os príncipes, as pessoas mais nobres, trazendo as suas ofertas, e o povo se alegrou de ofertar para Deus (1 Cr. 29). Percebem que não há mesquinharia ali?

Terceiro: Homens e mulheres "sábios de coração". Porque logo que trouxeram os materiais do tabernáculo, foram necessários os artesãos, os que trabalham com as suas mãos, para fazer toda essa obra maravilhosa. E ali estava Bezaleel e Aoliabe, uma grande quantidade de homens e mulheres que teceram, que bordaram, que prepararam cada parte desse precioso tabernáculo. "Sábios de coração". Deus os dotou de sabedoria para a execução de toda a obra primorosa. Primeiro, homens com visão espiritual, em seguida, homens generosos de coração, e, por último, homens e mulheres sábios de coração.

Design downloaded from free website templates.