Um novo morador

"Mas Cristo como filho sobre a sua casa, a qual casa somos nós…" (Heb. 3:6).

A aparência de uma casa é a expressão de quem mora nela. Seus móveis, disposição, limpeza e arrumação, tudo expressa o seu morador. Quando estávamos nas paixões dos pecados, expressávamos aquele que habitava em nós: o pecado. "Porque não faço o bem que quero, mas sim o mal que não quero, isso faço. E se faço o que não quero, já não o faço eu, mas o pecado que mora em mim" (Rom. 7:19-20). Nossa casa mostrava toda a nossa miséria. "Miserável de mim! quem me livrará deste corpo de morte?" (Rom. 7:24).

Nosso corpo manifestava em tudo quão miseráveis éramos. Mas um dia o Senhor nos tirou de um charco de lodo, de um pouco de perdição, pôs os nossos pés sobre uma rocha, lavou-nos com água limpa (Ez. 36:25), e limpou a casa. Varreu-a e a adornou para que fosse habitação do seu Espírito. "Mas quando se manifestou a bondade de Deus nosso Salvador, e o seu amor para com os homens, nos salvou, não por obras de justiça que nós tivéssemos feito, mas por sua misericórdia, pelo lavar da regeneração e pela renovação no Espírito Santo" (Tito 3:4-5).

Agora já não sou eu quem vive mais, mas Cristo é quem mora em mim. Esta casa está sendo agora transformada, e irá cada vez expressando mais do seu caráter, sua liberdade, sua vontade, sua santidade, sua vida. "Porque o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade. Mas todos nós, com o rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de gloria em gloria na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor" (2ª Cor. 3:17-18).

Agora esta casa tem um novo Morador. Não estamos mais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus mora em nós (Rom. 8:9). Se Cristo vive em nós, este novo morador vai transformar a sua morada, e, de fato, já começou a expressar através dela o seu caráter. Não estamos mais em trevas. Este novo Morador trouxe luz para a sua casa, e um tesouro. "Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, ele mesmo é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Jesus Cristo. Mas temos este tesouro em vasos de barro…" (2ª Cor. 4:6-7).

O que tem que ficar claro para nós, é que o nosso corpo é templo do Espírito Santo, e que foi comprado por um alto preço. Foi comprado para que seja um lugar de glória e não de pecado. "Ou ignorais que o nosso corpo é templo do Espírito Santo, o qual está em vós, da parte de Deus, e que não de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorifiqueis, pois, a Deus em vosso corpo e em vosso espírito, os quais pertencem a Deus" (1ª Cor. 6:19-20).

Este corpo agora já não nos pertence mais, é do Senhor (1ª Cor. 6:13). O Senhor agora não é um convidado, mas sim o novo Morador. Não um morador temporário, mas um morador eterno. "Em quem vós também juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito" (Ef. 2:22).

Design downloaded from free website templates.