Incluídos em Cristo (2)

"Mas por ele (Deus) vós estais em Cristo Jesus, o qual nos foi feito por Deus sabedoria, justificação, santificação e redenção" (1ª Cor. 1:30).

Aqui encontramos outro aspecto, outra série de realidades, associadas ao estar incluídos em Cristo. Porque sem dúvida, este "em" do versículo 30 é "dentro de", "incluídos em". E estas realidades são sabedoria, justificação, santificação e redenção.

Estas coisas habitualmente as consideramos coisas, realidades, entidades, válidas por si mesmos, individuais e nomeáveis. Mas o curioso deste versículo é que estas coisas são expressões próprias de Cristo. Não se trata de dons separados, mas sim do próprio Cristo manifestado a nós para saciar toda a nossa necessidade. De maneira que é tendo a Cristo –e porque temos a Cristo– que somos sábios, justos, santos e redimidos.

O Dom inefável de Deus é Cristo, e nele estão reunidas todas aquelas coisas que nós identificamos como necessárias para um pecador que chega a ser filho de Deus. Nós as identificamos como coisas autônomas, mas em essência são partes da gloriosa realidade de Cristo.

Ontem mencionávamos que a história de Cristo a partir da sua morte na cruz é a nossa gloriosa história espiritual; agora estamos vendo que em Cristo, por estar submersos, incluídos, e revestidos dele, somos, além disso, tudo isso que a Escritura diz que somos, quer dizer, sábios, justos, santos e redimidos.

E aqui temos uma história com Cristo, pois com exceção da sabedoria (dita aos Coríntios, como bons gregos podiam se vangloriar dela), todas estas coisas formam parte da nossa própria história: Justificação, santificação e redenção. A justificação foi no princípio da nossa carreira, em seguida a santificação e depois a redenção, pois aqui se trata da redenção do nosso corpo, localizada no final, na segunda vinda do Senhor.

Estamos vivendo a nossa história com Cristo? Estamos desfrutando de Cristo como sabedoria, como justiça, como santificação e como redenção? O anúncio, quer dizer, a boa notícia do evangelho, é que nós somos em Cristo tudo isso, por graça. Paulo expressa de outras maneiras muito preciosas a realidade da nossa inclusão em Cristo: "Porque todos os que fostes batizados em Cristo, de Cristo estais revestidos" (Gál. 3:7). "Porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus" (Col. 3:3). Seja apresentando-nos como revestidos de Cristo ou como escondidos em Cristo, a realidade é a mesma e igualmente maravilhosa.

Tudo o que é Cristo é nossa apresentação diante do Pai. Ele está ali, à mão direita da Majestade nas alturas, e nós nele. Cristo e nós, uma realidade indissolúvel. A história de Cristo a partir da cruz é a nossa história, e a natureza de Cristo é a nossa natureza. Amanhã nosso caráter completo será também um reflexo do próprio Cristo.

Design downloaded from free website templates.