É o Cristo, o Filho de Deus?

Satanás disse ao Senhor Jesus: “Se és Filho de Deus, diga que estas pedras se convertam em pão”. O malfeitor na cruz lhe disse: “Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós”.

Ao unir ambas as tentações, temos: “Se Tu és o Cristo, o Filho de Deus...”. O apóstolo João escreveu quase no final do seu evangelho: “Mas estas (coisas) tem sido escrito para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que crendo, tenhais vida em seu nome” (20:31).

Em sua 1ª epístola, o mesmo apóstolo João escreve: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus”, e mais adiante acrescenta: “Quem é o que vence ao mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?” (5:1, 5).

Quando Satanás e o malfeitor tentaram ao Senhor, o fizeram nos dois momentos mais culminantes da sua vida terrena: No meio da fome do deserto e na dor da agonia sobre a cruz. Ambos apontaram os seus dardos para a parte mais dolorosa, porque com cada uma delas desconheciam feitos essenciais, os dois atributos fundamentais de Jesus: O seu caráter de Ungido, e de Filho de Deus. Atacavam nada menos que a sua Pessoa e a sua qualificação para fazer a Obra de Deus como Messias.

A tentação consistia em movê-lo a atuar: no primeiro caso para converter as pedras em pão, e no segundo, para salvar-se da morte na cruz. O Senhor Jesus tinha o poder para fazer as duas coisas; no entanto, tendo-o, não atuou nem em um nem em outro sentido. Para Ele era mais difícil refrear-se que atuar, porque tinha o poder para fazê-lo.

Mas isso não é tudo: se tivesse cedido, não só não teria vencido a tentação, mas, além disso, João não poderia escrever o que escreveu: que aquele que crê nele tem a vida em seu nome, que nasce de novo, e vence o mundo. Não teria sido uma grande desgraça, a maior delas? Mas isso não ocorreu. Jesus venceu ambas as tentações, e hoje os cristãos podem afirmar resolutamente aquilo que o diabo e aquele miserável tentaram desconhecer naqueles dias: “Senhor Jesus, Tu és o Cristo, o Filho de Deus!”.

Design downloaded from free website templates.