Uma revista para todo cristão
Ano 10 · Nº 58
Julho - Agosto 2009

Contender e não contender

Gino Iafrancesco, em sua ministração realizada em Temuco há alguns meses atrás, falou a respeito da necessidade que os cristãos têm de “contender” e também de “não contender”. Isto, que parece um trocadilho, é um dos múltiplos paradoxos que abundam na Bíblia. Mas não é uma contradição.

Se tivermos que contender, tem que ser pelas coisas essenciais que correspondem à fé, mas em nenhum caso temos que fazê-lo por aquelas coisas secundárias –assuntos meramente de opinião–. Iafrancesco o expõe assim: “A própria palavra do Senhor nos ensina que, a respeito das coisas essenciais, devemos ser muito sérios e cuidadosos, e que devemos ser tolerantes a respeito das coisas periféricas”.

Judas nos chama a contender pela fé em sua breve, mas firme epístola; Paulo, por sua vez, chama a não contender sobre opiniões no capítulo 14 de sua epístola aos Romanos.

Infelizmente, a história da igreja está infestada de exemplos em que se investiram os conceitos. Foi derramado muito sangue por assuntos “periféricos”, e se descuidou do “essencial”. Ou, se em algum momento foi atendido o essencial, superdimensionou-se o secundário até fazê-lo motivo de azeda disputa. São épocas e homens que coaram o mosquito e engoliram o camelo.

Mas a luz que tem vindo neste último tempo sobre o povo de Deus nos adverte sobre a correta ordem destes dois imperativos. Precisamente, na revista anterior, publicamos uma mensagem de Rubén Chacón intitulado “A respeito das coisas opináveis”, em que se apontava para isto mesmo.

A unidade da igreja não deve ser alcançada com perda nos dogmas; mas com uma profunda renúncia a aquelas muitas verdades menores que se sustentaram por anos, e que constituem a bandeira de luta de tantos ministérios e denominações.

Dar a cada coisa seu justo valor e lugar é sinal de sabedoria e maturidade espiritual. Rogamos ao Senhor para que neste tempo que vivemos, este princípio seja o que guie a nossa conduta com os nossos irmãos.

 

TEMA DA CAPA
Verdades essenciais da fé cristã
O que Deus confiou à Igreja. Gino Iafrancesco.
Semeando no espírito

Potencialmente, os cristãos têm a capacidade de semear na carne ou no Espírito.
Gonzalo Sepúlveda.
Betânia

Uma olhada para os microcosmos da vida da igreja local.
Eliseo Apablaza.
As qualidades da mulher que Deus quer usar

A mulher, com as suas características peculiares, é chamada para expressar qualidades próprias de Cristo
. Rubén Chacón.
Os vencedores e a herança (2b)
Como Deus cumprirá o seu propósito de levar muitos filhos à glória.
Rodrigo Abarca.
Mostra-me o Teu caminho (4)

As obras, os caminhos e o propósito de Deus.
Dana Congdon.

ESPIGANDO NA HISTÓRIA DA IGREJA
O profeta da piedade
Biografia do Philipp Jakob Spener, considerado o pai do pietismo.

O pietismo: A necessidade de nascer de novo
A parte da história da igreja que não foi devidamente contada. Rodrigo Abarca.

SEÇÕES FIXAS
Página do Leitor

EQUIPE REDATORA
Eliseo Apablaza, Roberto Sáez
Gonzalo Sepúlveda, Rubén Chacón
Rodrigo Abarca, Marcelo Díaz

COLABORADORES CONVIDADOS
Dana Congdon, Gino Iafrancesco

TRADUÇÕES
Edward Burke Junior

CONTATOS
BRASIL: Edward Burke Junior · vidadecristo@pop.com.br