Para a proclamação do Evangelho e a edificação do Corpo de Cristo
Ano 13 • N° 67 • Julho - Agosto - Setembro 2012

Perfeitos até a perfeição

Esta revista é a última da série que pretendemos cobrir as quatro epístolas consideradas fundamentais para uma vida cristã segura e equilibrada: Romanos, Efésios, Colossenses e Hebreus.

Depois de termos revisado em Romanos a glória do evangelho, em Efésios a glória da igreja e em Colossenses a glória de Cristo, agora em Hebreus entramos na glória do caminhar prático do cristão. As gloriosas realidades espirituais que nos foram detalhadas nas epístolas anteriores são postas agora à prova e se tornam prática em nossa carne no caminhar cotidiano.

Seguindo o exemplo sempre vivo de Cristo, estão as humilhações, a aprendizagem da obediência a partir das aflições e sofrimentos; está a resposta de Deus aos grandes problemas do cristão, as tentações e o pecado, cujo fim é a morte; estão os obstáculos aparentemente menores mas sempre presentes: a incredulidade, as fraquezas, a negligência, a demora para ouvir, a impaciência. Em seguida está a grande meta, a perfeição, como a posse de uma consciência perfeitamente limpa pelo Precioso Sangue, e também a maturidade no exercício dos sentidos espirituais e na prática da santidade e da justiça.

Hebreus é a epístola que declara aos crentes “perfeitos para sempre”, mas que, ao mesmo tempo, chama a esses crentes a ir “adiante até a perfeição”. Perfeição quanto à consciência, e perfeição provada e encarnada através da disciplina e a experiência, até que tudo seja cabalmente pleno e real no crente.

Rogamos ao Senhor Jesus Cristo, que é o “autor e consumador da fé”, que nos conceda sempre ter “os olhos postos” nele, única forma eficaz de correr esta carreira e converter as promessas de Deus em realidade.

 

 

EVANGELHO
O amor do Pai
A simples alegria de viver nele cada dia.
Wayne Jacobsen.

A GLÓRIA DO CAMINHAR CRISTÃO
A glória do caminho mais excelente
A excelência e superioridade do Novo Pacto sobre o Antigo. Roberto Sáez.
Companheiros de Cristo

O significado de ser «companheiro» e sua aplicação na comunhão com Cristo.
Álvaro Astete.
Vida passada convertida em cinzas
Um aspecto muito significativo da realidade espiritual que desfrutamos em Cristo.
Rubén Chacón
.

LEGADO
Quem são os companheiros de Cristo
O lugar da epístola aos Hebreus no contexto do Novo Testamento. T. Austin-Sparks.

Realidade espiritual e disciplina
O final da disciplina é produzir nos crentes realidade espiritual. Watchman Nee
.

VIDA CRISTÃ
Estudando a Bíblia
Lições básicas sobre a vida cristã prática.
Watchman Nee.

SEÇÕES FIXAS
Cartas de nossos leitores

EQUIPE REDATORA: Roberto Sáez, Gonzalo Sepúlveda, Rodrigo Abarca, Marcelo Díaz
TRADUÇÕES: Edward Burke Junior