Para a proclamação do Evangelho e a edificação do Corpo de Cristo
Ano 14 • N° 70 • Abril - Maio - Junho 2013

Palavra que fere e sara

«Que plenitude de beleza há nesta Pessoa que é Deus e homem ao mesmo tempo!».

Esta exclamação podemos ler no artigo de Henry Law, antigo servo do Senhor, que publicamos nesta edição. A frase também nos trouxe à inspiração desta revista. Sempre há um novo aspecto de Cristo que, revelado pelo Espírito Santo através das Sagradas Escrituras, traz-nos o frescor de sua vida abundante.

A palavra às vezes move as nossas entranhas, e como afiada adaga impregna até o mais profundo, expondo os melhores segredos guardados, para que sejam julgados na presença do Senhor; mas, ao mesmo tempo, a palavra que fere também traz cura e doçura ao coração aflito, cansado e talvez derrotado, para que recobremos novo ânimo e vejamos, em cada detalhe, o amor de Cristo por seu povo e as mais solenes advertências aos seus servos, para que nunca banalizemos este chamado e salvação tão grandes.

Diversos autores, do presente e do passado, trazem-nos uma só mensagem: que, desconfiando e abandonando os recursos da carne, lancemos mão à vida preciosa e poderosa de Cristo implantada por seu Espírito em nossos corações.

Que o Senhor sare a seu povo, console aos seus afligidos e que, como corpo de Cristo, sejamos um testemunho vivo a presente geração.

 

EVANGELHO
A luz
Demonstrando a bendita verdade de que a Escritura está impregnada de Cristo. Henry Law.

TEMA DA CAPA
O ministério do Novo Pacto
Deus, por sua graça, deu-nos um ministério e este ministério é simplesmente ministrar Cristo aos outros.
Stephen Kaung.
Consagração e serviço

Um dos grandes perigos que corremos na vida cristã é vive-la de maneira leviana, desprezando o nosso chamamento.
Romeu Bornelli.

Servindo por amor
Por meio da manifestação do seu amor, Deus obtém um fruto que não pôde colher em Adão: o nosso amor.
Rubén Chacón
.
A tragédia de edificar sobre a areia
O Sermão do Monte toca assuntos tão essenciais, que podem fazer a diferença entre a vida e a morte, a ruína e a vitória, para a sua igreja. Ro
drigo Abarca.

LEGADO
O ministério para a Casa ou para o Senhor
Nossa vocação primordial não é o ministério ao mundo, nem à igreja, mas o ministério ao Senhor. Watchman Nee.

VIDA CRISTÃ
A confissão pública de fé
Lições básicas sobre a vida cristã prática. Watchman Nee.

PÁGINA DO LEITOR
Cartas

EQUIPE REDATORA: Roberto Sáez, Gonzalo Sepúlveda, Rodrigo Abarca, Marcelo Díaz
TRADUÇÕES: Edward Burke Junior